domingo, 6 de setembro de 2009

Poemas diversos: A ti também



A ti também


A ti também, meu bem
Meus versos perto de ti até se calam...
A ti também, meu bem
Pois como bons perfumes em ti exalam
tua beleza
A ti meu bem, seus olhares anunciam
Por isso, a ti meu bem
Deixo meu grande abraço

Pra que poetar se já tenho
Diante de mim um poema perfeito?
Fala, canta, ressoa
E ainda possui formas inefáveis
De tão belas.

Mas comentários à parte
Deixo que você como poesia
Se deixe falar e eu como expectador
Me permita deixar de ser poeta
E calado, me deleitar
em sua manifestação
seu abraço!


Silva, Rodrigo Barbosa.

Um comentário:

  1. Linda esta poesia, Rod... Principalmente a primeira parte =)

    ResponderExcluir